Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Adriano Corrêa Teixeira: O mínimo esforço hipertrofiado

Adriano foto Palestrando CBM 9Adriano Corrêa Teixeira publicou na Catho:

O Mínimo Esforço Hiperatrofiado:

 

Veja aqui a matéria na integra:

Por que deveríamos nos empenhar nos estudos e ao trabalho se a natureza humana preza pelo mínimo esforço? Esta é uma pergunta recorrente de grande parte das pessoas que não prezam pela dedicação aos estudos, ao conhecimento e à cultura (cultura não se resume às expressões artísticas).

Chamo a atenção para as pirâmides do Egito que, dada à sua complexidade de construção, alguns especialistas especulam que tal feito contou com a ajuda de extraterrestres, pois mesmo empregando nossa tecnologia atual , tal obra seria de difícil execução. Por conta dessa limitação, os egípcios se viram obrigados a empregar muito esforço humano no lugar de técnicas e máquinas mais modernas.

Apesar dos monumentos grandiosos construídos mundo afora, nossos antepassados não se contentaram com seus feitos. Graças a esta inquietude do ser humano de buscar fazer melhor, mais rápido e com menor esforço possível, surgiu a nossa capacidade criativa para aprimorar nosso conhecimento e desenvolver novas ferramentas e processos.

Não devemos frear essa nossa capacidade de evoluir por conta do comodismo, pelo contrário, deixemos fluir esse nosso instinto de superar limites, enfrentar as dificuldades e o desejo de sairmos vencedores de todos os embates que a vida colocar na nossa frente ao invés de apenas contemplar os incríveis feitos de nossos antepassados ou lamentar pela falta de sorte. Temos que continuar nessa evolução para também deixar um legado de uma sociedade mais desenvolvida para as próximas gerações.

Infelizmente nem todos compartilham desse pensamento, optando pela acomodação. Embora não concorde com essas pessoas, respeito a individualidade de cada um, o problema é quando esses acomodados desejam ter as mesmas oportunidades e os confortos da vida moderna que estão acessíveis aos esforçados.

Enfim, não se deixe levar por esse sentimento de mínimo esforço hipertrofiado, deixe seu instinto de competição e evolução falarem mais alto e coloque esforço, dedicação e comprometimento em tudo que estiver fazendo, isso ajuda a dar sentido à vida. Lembre-se, caso o ser humano não tivesse esse ímpeto de busca pelo desenvolvimento, limitando-se ao mínimo esforço, ainda viveríamos em cavernas.

 

Adriano Corrêa Teixeira é empresário, escritor e palestrante. Pós-graduado em Marketing com especialização na ESPM-SP e com curso de Finanças pela Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). Possui mais de 13 anos de vivência consultiva, comercial e empresarial, em multinacionais da área da tecnologia como Unisys, Xerox, IBM e AT&T e Telefônica. Há 8 anos atua como palestrante motivacional sobre consumo e mercado de trabalho pela ACTCOM – Desenvolvimento Pessoal e Financeiro. Atualmente, colabora com diversos veículos, entre sites, jornais e revistas do país.


Saiba mais sobre Adriano Corrêa Teixeira clicando aqui!

 


Gostaria de contratar Adriano Corrêa Teixeira para uma Palestra? Entre em contato com elizabeth@siloseventos.com.br ou pelos telefones: (19) 99773.6756  e (19) 3251.5221